A importância da organização na vida das pessoas

22-03-2015 11:11

Quer ler mais artigos destes temas? Visite a nova localização do blog: http://superorganizadablog.blogspot.pt/

A organização faz-se passo a passo, não se faz num só dia. Criar rotinas, ser capaz de mudar se necessário os nossos hábitos, agiliza a nossa vida e dá uma sensação de dever cumprido. As metas e objectivos a atingir, dão-nos ânimo e coragem para não desistir a meio do processo. A dedicação, determinação e persistência são as palavras-chave para o sucesso que pretendemos atingir e não se esqueça a preguiça é inimiga da organização.

Eu, nem sempre fui organizada e arrumada, principalmente quando era nova, só mais tarde é que o bichinho “organização” começou a causar efeitos positivos em mim. Com o passar do tempo, e apesar de na altura ter empregada diária, comecei a adorar organizar tudo o que achava que estava desordenado e pouco prático, comecei a ficar entusiasmada com o resultado final, tão entusiasmada que aqui estou eu a falar sobre organização. Mais tarde, e tendo ficado desempregada, a organização e arrumação tornaram-se quase uma obsessão para mim, que mais tarde se tornaria em paixão.

Alguns podem dizer, falar é fácil o pior é faze-lo, é verdade, mas tem que ter realmente vontade de mudar, ninguém o pode fazer por si, está nas suas mãos, mas acredite o mais difícil é dar o primeiro passo, depois já tudo vem naturalmente, criando hábitos de rotina. 

Como já referi acima, vá passo a passo, comece do pouco e vá evoluindo a partir daí, verá que com o passar dos tempos, as tarefas passam a ser encaradas duma maneira espontânea e positiva. Pense sempre no resultado final.

Rotina, se pensarmos bem na essência da palavra, dizemos que seca, mas todos os dias vamos trabalhar (rotina) todos os dias tomamos banho (rotina) todos dias comemos (rotina) e por aí adiante. Pensemos antes, rotina de uma forma positiva, como uma coisa que tem que ser feita e encará-la senão com prazer, pelo menos com coragem. A rotina e hábitos na organização é a alavanca e o ponto de partida para atingirmos a eficiência.

O primeiro passo para mim, é livrarmo-nos da tralha (visível e invisível). Criar o hábito de destinar 10 minutos diários do seu tempo para deitar fora a tralha (visível) que criamos todos os dias (embalagens vazias, jornais já lidos, publicidade que veio com o correio que é para deitar fora, etc.). A tralha invisível (em armários, gavetas), irá com certeza demorar muito mais tempo a livrar-se dela, mas "devagar se vai ao longe".

Segundo passo, defina o lugar certo de cada coisa

Terceiro passo, comece a organização, ordenando a desordem.

Quarto passo, destine 15 minutos antes de dormir para arrumar o que está fora do lugar, devolvendo cada item ao seu devido lugar.

Quinto passo, a importância de fazer guias ou listas, anotar o que se tem a fazer é fundamental, senão perdemo-nos e acabamos por nos esquecer das coisas mais essênciais.

Quinto passo, a distribuição de tarefas pela família, a ajuda mútua, fazer tarefas em conjunto, definir quem faz o quê, é imprescindível para que uma só pessoa não se sinta escrava da própria casa e família.

Espero que este artigo a/o ajude a encontrar o caminho certo para a organização e eficiência.

Se gostou, faça gosto

Obrigada

Marlene Borges

Quer ler mais artigos destes temas? Visite a nova localização do blog: http://superorganizadablog.blogspot.pt/

Comentários

Não foram encontrados comentários.